Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Top Ad

COVID-19
latest

Greve na CEB afeta o consumidor

Os funcionários da Companhia Energética de Brasília estão em greve desde segunda-feira e o consumidor já sente os efeitos negativos da para...

Os funcionários da Companhia Energética de Brasília estão em greve desde segunda-feira e o consumidor já sente os efeitos negativos da paralisação dos serviços. Segundo a CEB, o efetivo é insuficiente para atender a demanda gerada diariamente em todo o Distrito Federal.



A diretoria da empresa diz que tentou acordo com o sindicado dos trabalhadores para permitir a entrada dos funcionários que não aderiram a greve nas dependências do prédio-sede. Desde ontem o sindicato impede a entrada dos funcionários.

A categoria está em Data-Base desde o mês passado e a direção da CEB se recusa a negociar. O STIU-DF avalia que a proposta da empresa é inconcebível e que a falta de valorização dos trabalhadores não contribui para que o setor elétrico em Brasília melhore. 

A direção do Sindicato destacou que os trabalhadores e trabalhadoras não podem abrir mão da isonomia entre novos e antigos, bem como as cláusulas sociais, a exemplo da redução de 30% para 20% na co-participação no CEB-Sáude e do risco saúde. 

O balanço aponta que apenas 12% do efetivo necessário está tendo acesso ao local de trabalho, o que impossibilita manter os serviços essenciais à população do DF com qualidade e eficiência. Na tarde desta terça-feira (05), havia 420 reclamações por serviço sem atendimento.


Nenhum comentário